SOBRE A MÉTRICA

O que é a Métrica de Governança Corporativa?
A Métrica de Governança Corporativa (Métrica) é um instrumento de autoavaliação de práticas de governança para empresas de capital fechado, de modo a estimulá-las à constante reflexão sobre seu estágio de maturidade nesse tema.

A Métrica é alguma espécie de ranking, distinção, certificação, acreditação ou premiação oferecida pelo IBGC?
Não! Nenhum resultado da Métrica deve ser entendido ou utilizado como se fosse um ranking, distinção, certificação, acreditação ou premiação fornecida pelo IBGC, uma vez que se trata de uma autoavaliação e seus resultados não são submetidos a uma verificação ou auditoria pelo IBGC ou por terceiro independente. Em hipótese nenhuma os resultados da Métrica devem ser utilizados como peças publicitárias ou divulgados publicamente em qualquer tipo de mídia.

Quais os benefícios para as empresas?
Após preencher o questionário, a empresa receberá um relatório de autoavaliação que compara o seu desempenho em relação a um benchmark de práticas. Além disso, o relatório inclui o mapa de pontuação da empresa, com os temas das questões nas quais a empresa não pontuou ou não obteve pontuação máxima. Dessa forma, a empresa terá em mãos uma ferramenta adicional para contribuir nas suas reflexões acerca das melhorias necessárias em suas práticas de governança corporativa.

Existe uma conferência em relação às informações fornecidas pelas empresas?
Não. As empresas são responsáveis pelas informações inseridas no questionário. Ao aceitar participar da Métrica, a empresa compromete-se a fornecer informações completas e verdadeiras, para que o resultado da autoavaliação seja o mais preciso possível.

A utilização da ferramenta envolve algum custo, pagamento ou contratação de algum produto ou serviço por parte da empresa?
Não. A participação é totalmente voluntária e gratuita.

Agradecimento
Agradecemos à PwC, que cedeu uma profissional sênior (em regime de secondment), para integrar a equipe responsável pela elaboração e execução do projeto piloto da Métrica, Sandra Oliveira, à qual também agradecemos. Essa relação foi regida por um acordo de confidencialidade, para garantir que nenhuma informação a que essa profissional tivesse acesso fosse retransmitida à PwC.

QUEM PODE PARTICIPAR

A utilização da ferramenta é restrita às empresas associadas ao IBGC?
Não. Qualquer empresa de capital fechado que tenha interesse, seja associado ou não ao IBGC, pode utilizar a ferramenta.

Quais os requisitos para que uma empresa participe da Métrica?
A empresa deve ser obrigatoriamente de capital fechado, independentemente de ser de controle familiar/multifamiliar ou não. Além disso, não serão aceitas empresas optantes do Simples Nacional, consideradas micro-empresa (ME) ou empresa de pequeno porte (EPP). A empresa deve requerer a sua inscrição pelo formulário disponível aqui.

O que define uma empresa de capital fechado?
Empresas de capital fechado são aquelas que não acessam o mercado de capitais por meio da listagem de ações ou de outros valores mobiliários em bolsa ou mercado de balcão. Em geral, essas empresas se constituem, em sua maioria, na forma de Sociedades Limitadas ou Sociedades Anônimas de Capital Fechado ou Sociedades por Ações de Capital Fechado.

O que define uma empresa familiar/multifamiliar?
Empresas familiares/multifamiliares são aquelas com controle definido ou difuso, nas quais uma ou mais famílias detêm o poder de controle.

Cooperativas, empresas de capital aberto e organizações não empresariais podem utilizar a ferramenta?
Não. Neste momento, a iniciativa é restrita às empresas de capital fechado. Futuramente, o IBGC poderá desenvolver iniciativas semelhantes para outros tipos de organização.

CONFIDENCIALIDADE

Meus dados estarão seguros? Meus dados serão tratados de maneira confidencial?
Sim. Somente o IBGC terá acesso aos dados individuais das empresas. Garantimos que os dados serão utilizados apenas para fins de pesquisas, publicações e demais atividades que contribuam para a melhoria da governança corporativa no Brasil, sempre preservando a confidencialidade das informações de cada empresa.
Para preservar o sigilo quanto ao nome das empresas e seus respondentes, qualquer estudo divulgado com base nos dados coletados por meio da ferramenta será sempre conduzido com base nos resultados agregados, e nunca nos individuais. A Métrica está hospedada no website da Sphinx, empresa responsável pelo desenvolvimento da ferramenta, cujo contrato com o IBGC inclui cláusula de confidencialidade das informações inseridas no sistema.
Os dados são transmitidos por meio do protocolo HTTPS (Hyper Text Transfer Protocol Secure – protocolo de transferência de hipertexto seguro – uma implementação do protocolo HTTP sobre uma camada adicional de segurança que utiliza o protocolo SSL/TLS). Adicionalmente, os dados cadastrais e as informações do questionário são armazenados em bases de dados diferentes, como uma precaução extra com os dados, as quais possuem um formato próprio, acessível somente pelo software de edição que foi utilizado na concepção do instrumento.

AVALIAÇÃO

Como é feita a avaliação das empresas?
Cada dimensão possui um ou mais indicadores, que, por sua vez, incluem as questões de avaliação. Ao todo, são 15 indicadores e 51 questões. Para o cálculo dos índices, cada pergunta, indicador e dimensão tem um peso específico. A metodologia de cálculo está disponível no Manual do Usuário.

O que é avaliado no questionário?
A primeira parte do questionário inclui informações gerais sobre a organização (porte, número de funcionários, ramo de atividade, entre outros dados). A segunda parte trata da avaliação das práticas de governança da empresa e inclui cinco dimensões: Sócios; Conselho de Administração / Consultivo; Diretoria; Órgãos de Fiscalização e Controle; Conduta e Conflito de Interesses. Além dessas, há uma dimensão específica para as empresas familiares. O questionário completo pode ser acessado aqui.

Qual a fundamentação utilizada para a definição dos critérios de avaliação das empresas?
As dimensões da Métrica são as mesmas da 5ª edição do Código das Melhores Práticas de Governança Corporativa do IBGC (Código). Além disso, na elaboração das questões foi considerado o conteúdo dos Cadernos Governança da Família Empresária e Boas Práticas de Governança Corporativa para Empresas de Capital Fechado, ambos produzidos pelo IBGC. Cada questão traz uma indicação da(s) publicação(ões) e dos respectivos itens que tratam dos assuntos relativos a ela, visando facilitar a sua compreensão e demonstrar a sua relevância. As referências para consulta são:
IBGC (Instituto Brasileiro de Governança Corporativa), Código das Melhores Práticas de Governança Corporativa, 5.ed., São Paulo, IBGC, 2015.
IBGC. Cadernos de Boas Práticas de Governança Corporativa para Empresas de Capital Fechada: Um Guia para Sociedades Limitadas e Sociedades por Ações, São Paulo, IBGC, 2014 (Série Cadernos de Governança Corporativa, n. 12).
IBGC, Governança da Família Empresária: Conceitos Básicos, Desafios e Recomendações, São Paulo, IBGC, 2016 (Série Cadernos de Governança Corporativa, n. 15).

COMO FUNCIONA O PROCESSO

Como é o processo de utilização da ferramenta?
As empresas devem fazer seu cadastro por meio da plataforma online. Uma vez aprovado o cadastro pelo IBGC, a empresa receberá um e-mail com usuário, senha e link para acessar o questionário. Concluído o questionário, a empresa poderá automaticamente gerar o seu relatório de avaliação. Periodicamente, a empresa poderá gerar um novo relatório, no qual suas informações serão preservadas, mas as informações das médias das demais empresas serão atualizadas, conforme a inserção de novas empresas na base de dados.

Depois de concluir o questionário, a empresa pode atualizar suas informações?
Não. O ciclo da Métrica é anual. Cada empresa pode preencher o questionário uma vez por ano.

A empresa pode começar a preencher o questionário, parar e voltar a preenchê-lo posteriormente?
Sim. Na plataforma existe uma opção para salvar as respostas, o que possibilita retomar o preenchimento em outro momento.

Qual o prazo ou período de inscrição?
As empresas podem acessar a plataforma e se cadastrar a qualquer momento, não havendo prazo ou período específico.

Existe prazo para responder o questionário?
Não. De 1º de janeiro a 31 de dezembro de um mesmo ano, a empresa pode preencher o questionário a qualquer momento. Uma vez concluído, um novo questionário para a mesma empresa só poderá ser preenchido no ano seguinte.

Quem deve preencher o questionário?
Cada empresa deverá indicar um representante, que passará a ser o principal contato com o IBGC em relação à Métrica. Ele será o responsável pela obtenção das informações necessárias ao preenchimento do questionário. O cadastro na plataforma deve ser feito com o seu e-mail. Caso a empresa possua um profissional responsável por sua governança (por exemplo um secretário ou executivo de governança), é interessante que este seja o representante da empresa. O ideal é que o responsável pelo preenchimento seja alguém com conhecimento no tema e acesso às instâncias de governança (executivos, conselho e sócios) para que possa coletar as informações que eventualmente não possua.

O que acontece se o representante sair da empresa antes de finalizar o processo de preenchimento do questionário?
Não há problema. Basta a empresa informar quem será o novo representante e enviaremos um novo usuário de acesso.

Consultor pode representar uma empresa?
Sim. Desde que seja enviada uma autorização formal dos sócios ou administradores para o IBGC.