Leonardo Viegas explica atuação e atribuições do CAC-GI

Confira a lista de candidatos e os nomes daqueles que foram recomendados pelo órgão

  • 28/02/2020
  • Equipe IBGC
  • Bate-papo
backgroundImageAlt1

Leonardo Viegas, coordenador do Colegiado de Apoio ao Conselho — Governança e Indicação (CAC-GI) do IBGC

Acreditar na missão de promover a governança corporativa, buscar conhecimentos sobre o tema e estruturar uma rede de contatos de alto nível estão entre os principais motivos de associação ao IBGC, segundo o coordenador do Colegiado de Apoio ao Conselho — Governança e Indicação (CAC-GI), Leonardo Viegas. Para ele, a responsabilidade de quem dirige o conselho de administração da entidade está em viabilizar esses objetivos.

Com a proximidade do processo eleitoral de troca do conselho do IBGC, o último sob as regras da renovação escalonada, o chamado staggered board, Viegas falou ao Blog sobre o trabalho desenvolvido pelo CAC-GI e seu papel durante o processo. Além de Viegas na coordenação, compõem o colegiado os associados e ex-conselheiros do IBGC Eliane Lustosa, Gilberto Mifano, João Verner Juenemann, Luiz Carlos de Queiroz Cabrera, Maria Helena Santana, Ricardo Setubal e Roberto Faldini.

Confira após a entrevista as indicações do CAC-GI para a eleição a conselheiro do IBGC com mandato até março de 2022:

Blog IBGC: O que é o CAC-GI?

Leonardo Viegas: O Colegiado de Apoio ao Conselho — Governança e Indicação (CAC-GI) do IBGC funciona como uma assessoria ao associado. Apesar do esforço contínuo de divulgação e envolvimento desse público às atividades e estratégias do instituto, muitos deles não conhecem as necessidades diretas que envolvem a composição do conselho de administração. A ideia é compreender o IBGC em profundidade, por isso contamos com oito membros que conhecem bem a dinâmica da entidade e seus rumos, para fazer um match dos candidatos ao conselho com os objetivos reais do IBGC. Trabalhamos para garantir diversidade e unir perfis complementares.

Quais são as suas principais atribuições?

O filtro dos melhores candidatos, com passagens nos mais altos níveis estratégicos das organizações, e o esforço em garantir diversidade de talentos e experiências figuram como nossas principais metas no período de processo eleitoral do conselho de administração do IBGC. Na prática, nós organizamos o processo, o instituto faz uma triagem inicial das fichas de inscrição e depois realizamos entrevistas individuais. O foco é compreender a trajetória desses profissionais e como eles poderão contribuir para o desenvolvimento do instituto e da causa dentro do conselho. O órgão de nomeação e indicação é conhecido no mundo inteiro e atua como um selecionador dos candidatos mais qualificados e daqueles que se ajustarão melhor ao conselho atual. 

E em relação à governança?

O G da sigla CAC-GI nos a atribuição de recomendar práticas adotadas fora do país ou em outros boards, além de orientações e sugestões. No caso da recente extinção do staggered board no IBGC, por exemplo, que previa uma renovação escalonada do conselho, apontamos vantagens e riscos desse sistema. Outro exemplo de mudança que ajudamos a promover está na antiga indicação de conselheiros externos para o conselho. Para este ano, estamos privilegiando os próprios associados e até fazendo uma exigência de dois anos de associação para concorrer ao conselho.

É essencial que haja um alinhamento do candidato ao cargo de conselheiro do instituto em relação a questões como integridade e seriedade. O IBGC vive de sua reputação e do respeito às suas próprias práticas, objetivos e atuações. O IBGC se orgulha de promover uma renovação anual de quase 30% de seu conselho. Buscamos sempre novos conselheiros, não apenas como complementação para promover diversidade, mas também por uma renovação periódica.


Lista de candidatos para o conselho de administração IBGC (mandato 2020-2022):

Armando de Azevedo Henriques
Claudia Elisa Soares     
Gabriela Baumgart
Leonardo P. G. Pereira
Marcelo Gasparino da Silva       
Nelson Luiz Paula de Oliveira
Patrícia Pellini     


Candidatos indicados pelo CAC-GI:

Armando Henriques – Possui relevante experiência internacional como executivo e conselheiro. Teve atuação próxima a órgãos do governo no setor de energia, que pode passar por grandes transformações estruturais no Brasil. Formação acadêmica de ponta e participação em três jornadas técnicas do IBGC no exterior.

Gabriela Baumgart – Coordenadora da Comissão de Empresas de Controle Familiar do IBGC, tem grande experiência tanto em empresas familiares quanto em famílias empresárias. É relevante a sua participação em eventos do IBGC e na disseminação de boas práticas de governança nesse importante setor.

Leonardo P. G. Pereira – Experiência de cinco anos como presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), conselheiro e executivo de grandes empresas de capital aberto. Engenheiro e economista, será importante a sua contribuição ao IBGC, em virtude de seu conhecimento de mercado e vivência como regulador de mercado.


O CAC-GI se baseou nos seguintes fatores:

1) A qualificação, a experiência e a contribuição de cada candidato às atividades do IBGC no próximo mandato.

2) O indispensável alinhamento com os princípios, valores e objetivos estratégicos do instituto.

3) A diversificação e complementação de perfis, inteligência emocional e experiências desejáveis ao conselho do IBGC, considerando sua atual composição, na qual seis membros permanecerão.

4) A renovação do quadro de conselheiros, de forma a estimular a participação dos associados que ainda não atuaram no conselho do IBGC


O exercício do direito de voto em assembleia é restrito aos associados do IBGC
..


Confira as últimas notícias do Blog do IBGC

Executivos compartilham experiências de governança nas operadoras de saúde

Executivos compartilham experiências de governança nas operadoras de saúde

03/06/2020

Webinar debate processos atuais e estratégias para o futuro do setor

Saiba mais
Comitê de Aquisições e Fusões (CAF) passa a fazer parte da ICGN

Comitê de Aquisições e Fusões (CAF) passa a fazer parte da ICGN

02/06/2020

Entidade busca mais interação com experiências internacionais de governança corporativa

Saiba mais
Sandra Guerra: “menos foco no operacional e mais olhos para o futuro”

Sandra Guerra: “menos foco no operacional e mais olhos para o futuro”

02/06/2020

Grande parte do tempo das reuniões de conselho é dedicada a questões fora da alçada dos conselheiros ou relativas ao passado, aponta pesquisa

Saiba mais
Especialistas apontam governança como ferramenta de fortalecimento para o agronegócio

Especialistas apontam governança como ferramenta de fortalecimento para o agronegócio

01/06/2020

IBGC Conecta discute relações entre famílias do setor e governança no pós-crise

Saiba mais
Publicação aponta visões jurídicas sobre práticas de governança em mais de 20 países

Publicação aponta visões jurídicas sobre práticas de governança em mais de 20 países

29/05/2020

Seleção de artigos de associação americana é um dos destaques do Portal do Conhecimento do IBGC em maio

Saiba mais
Notícias da semana: Codim orienta sobre divulgação de informações no cenário de pandemia

Notícias da semana: Codim orienta sobre divulgação de informações no cenário de pandemia

29/05/2020

Velocidade da prestação de informações das empresas deve aumentar para evitar fake news; veja essa e outras notícias

Saiba mais