Empresas familiares estão 10% atrás em questões ambientais, sociais e de governança

Resultado faz parte do projeto Ownership Project, da Universidade de Oxford

  • 24/05/2019
  • Giulia Landriscina*
  • Eventos
backgroundImageAlt1

Empresas controladas por famílias estão 10% atrás no Environmental, social and corporate governance (ESG) performance — indicador que avalia quesitos ambientais, sociais e de governança —  em relação às empresas que não possuem o mesmo tipo de controle. O resultado é fruto da pesquisa de Peter Tufano, reitor da Saïd Business School da Universidade de Oxford, com mais de 3 mil empresas, entre elas 50 brasileiras. O pesquisador avaliou 250 itens, entre eles redução de emissões, inovação de produtos, diversidade e estrutura do conselho de administração.

O estudo faz parte do Ownership Project, que examina os impactos da propriedade nas organizações empresariais de capital aberto – isto é, como as companhias podem ser mais longevas e promover o bem coletivo. “Não podemos falar sobre propriedade sem falar das empresas familiares. Elas representam 45,7% das empresas listadas do mundo", completa o reitor, que participou do 13º Fórum Exclusivo para Empresas Familiares, realizado no IBGC.

O professor de Oxford também percebeu que a diferença entre empresas familiares e não familiares é menor quando a família é mais ativa no conselho de administração ou quando herdeiros estão no controle. Para Monika Conrads, conselheira do IBGC, é importante estabelecer um equilíbrio entre as gerações e olhar para o futuro da empresa.

O projeto da universidade procura orientar empresas familiares de todo o mundo em relação ao que é uma good ownership — um bom controle da propriedade, de forma que desenvolva nas empresas influência em cinco níveis que vão desde a liderança pessoal, familiar e empresarial, até a liderança nacional e global. Gabriela Baumgart, coordenadora da Comissão de Empresas de Controle Familiar, avalia: “As empresas precisam captar a essência do ser sustentável e não somente aparentar”.


*Estagiária sob supervisão de Yuki Yokoi.

Confira as últimas notícias do Blog IBGC

Paraná e Santa Catarina elegem novos coordenadores

Paraná e Santa Catarina elegem novos coordenadores

26/06/2019

Em junho, capítulos Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Sul e Minas Gerais finalizaram suas eleições

Saiba mais
Pesquisa analisa resultados do primeiro ano do “pratique ou explique” no Brasil

Pesquisa analisa resultados do primeiro ano do “pratique ou explique” no Brasil

26/06/2019

Dissertação aponta que informações concedidas pelas empresas não estavam alinhadas à filosofia de cumprir ou explicar

Saiba mais
Dez ações que demonstram a proatividade do conselho nas questões ASG

Dez ações que demonstram a proatividade do conselho nas questões ASG

25/06/2019

Temas ambientais, sociais e de governança ganham importância apesar de apenas 13% dos boards terem práticas robustas

Saiba mais

"Velocidade exponencial das mudanças traz oportunidades para a sociedade"

24/06/2019

Presidente do conselho de administração do IBGC, Henrique Luz, deu início ao 7º Encontro de Conselheiros

Saiba mais
Comprometimento do CEO é fundamental para sucesso da transformação

Comprometimento do CEO é fundamental para sucesso da transformação

24/06/2019

Apoio do conselho e de acionistas e coragem para decisões difíceis também são fatores relevantes

Saiba mais
Não há transformação em ambientes autocráticos

Não há transformação em ambientes autocráticos

24/06/2019

Diversidade e ética figuram como fatores-chave de sucesso de empresas inovadoras

Saiba mais