Empresas familiares estão 10% atrás em questões ambientais, sociais e de governança

Resultado faz parte do projeto Ownership Project, da Universidade de Oxford

  • 24/05/2019
  • Giulia Landriscina*
  • Eventos
backgroundImageAlt1

Empresas controladas por famílias estão 10% atrás no Environmental, social and corporate governance (ESG) performance — indicador que avalia quesitos ambientais, sociais e de governança —  em relação às empresas que não possuem o mesmo tipo de controle. O resultado é fruto da pesquisa de Peter Tufano, reitor da Saïd Business School da Universidade de Oxford, com mais de 3 mil empresas, entre elas 50 brasileiras. O pesquisador avaliou 250 itens, entre eles redução de emissões, inovação de produtos, diversidade e estrutura do conselho de administração.

O estudo faz parte do Ownership Project, que examina os impactos da propriedade nas organizações empresariais de capital aberto – isto é, como as companhias podem ser mais longevas e promover o bem coletivo. “Não podemos falar sobre propriedade sem falar das empresas familiares. Elas representam 45,7% das empresas listadas do mundo", completa o reitor, que participou do 13º Fórum Exclusivo para Empresas Familiares, realizado no IBGC.

O professor de Oxford também percebeu que a diferença entre empresas familiares e não familiares é menor quando a família é mais ativa no conselho de administração ou quando herdeiros estão no controle. Para Monika Conrads, conselheira do IBGC, é importante estabelecer um equilíbrio entre as gerações e olhar para o futuro da empresa.

O projeto da universidade procura orientar empresas familiares de todo o mundo em relação ao que é uma good ownership — um bom controle da propriedade, de forma que desenvolva nas empresas influência em cinco níveis que vão desde a liderança pessoal, familiar e empresarial, até a liderança nacional e global. Gabriela Baumgart, coordenadora da Comissão de Empresas de Controle Familiar, avalia: “As empresas precisam captar a essência do ser sustentável e não somente aparentar”.


*Estagiária sob supervisão de Yuki Yokoi.

Confira as últimas notícias do Blog IBGC

27/09/2022

IBGC apoia Movimento Transparência 100% do Pacto Global da ONU Brasil

26/09/2022

Especialistas debatem o combate à corrupção como pilar do ESG

23/09/2022

Fique por dentro das ações de Vocalização e Influência

22/09/2022

Pesquisa Board Scorecard, do Chapter Zero Brazil, é prorrogada até 30/9

22/09/2022

Já conferiu a programação do 23º Congresso IBGC?

21/09/2022

IBGC debate agenda de governança direcionada a presidenciáveis e parlamentares